A GRAVIDEZ E O PARTO

Alimentação da gestante
  • A gestante deve se alimentar de modo a não passar fome nem engordar muito;

 

  • O ganho ideal do peso da mãe é entre 10 e 12 quilos durante a gravidez;

 

  • No final do dia, deverá ter comido a mesma quantidade que normalmente se come, porém dividida em mais vezes. Com isso o estômago trabalhará de modo mais calmo, não produzindo nem excesso de ácido, nem ficando muito tempo sem alimento no seu interior, o que proporcionará uma boa digestão e menos chance de ter azia. Devem ser feitas seis refeições por dia, comendo pouco em cada uma delas (café da manhã – lanche – almoço – lanche – jantar – lanche);

 

  • Dieta hipocalórica (pobre em açúcar): Evite bolos, balas, refrigerantes, sorvetes, chocolates e doces em geral. Sempre que tiver vontade de comer algo doce, sempre avalie a quantidade de calorias do alimento. Por exemplo: se tiver vontade de comer bolo, procure comer um bolo sem recheio e sem cobertura, pois assim ele terá menos calorias do que o recheado ou com cobertura;

 

  • Dieta hipogordurosa (pobre em gorduras): Evite comer carne de porco, maminha, costelas, fraldinha, picanha, cupim e pele de frango; As frituras também devem ser evitadas, pois são muito gordurosas, têm muitas calorias, são de difícil digestão e sobrecarregam o funcionamento do estômago;

 

  • Dieta hiperprotéica (ricas em proteínas): É a proteína que faz o feto crescer. Você as encontrará nas raízes (mandioca e batata), nos grãos (arroz, feijão, lentilha e ervilha), nas frutas e nas carnes. No entanto dê preferência às carnes magras ou brancas (peito de frango, peru e carne de peixe). Não é saudável ficar duas refeições principais (almoço ou jantar) sem comer carne. Lembre-se que a maioria destes alimentos (principalmente grãos, frutas e raízes) também é rica em açúcar e deve ser consumida com muita moderação;

 

  • Dieta hipervitamínica (rica em vitaminas): É saudável comer espinafre, feijão, ovos (até três por semana). Também é saudável cozinhar em panela de ferro (aquela panela preta e pesada);

 

  • Dieta rica em cálcio – Tome em média 2 a 3 copos de leite por dia (ou de seus derivados). Coma mais queijos brancos (tipo coalho, ricota ou mussarela), coalhadas naturais, etc. Evite alimentos que tenham conservantes em excesso;

 

O que a gestante deve evitar

 

  • Evite frutas ricas em açúcar como manga, uva, abacate, banana, caquí e figo;

 

  • Massas – O ideal é comer massa apenas uma vez por dia (em apenas numa refeição), evitando sempre misturar qualquer tipo de massa com molhos de carne (o ideal é não comer carne na refeição que comer massa);

 

  • Evite ao máximo, ou mesmo não use condimentos (catchup, mostarda, picles, pimenta) e café puro (preferencialmente com leite e num máximo de duas xícaras por dia);

 

  • Evite excesso de bebidas com gás (refrigerantes ou mesmo água). Tome pouca ou nenhuma bebida alcoólica (no caso de beber, prefira as bebidas fermentadas do tipo vinho e cerveja, e evite as destiladas do tipo pinga ou whisky);

Clínica Jardim
Av. Getúlio Vargas, 473
Centro - Estância - Sergipe
Atendimento
Ligue e agende sua consulta
(79) 3522-0234 ou (79) 99986-1676
Segunda a Sexta das 6:30h às 19:00h

Obs.: Os textos e os artigos publicados no site Clínica Jardim não devem ser utilizados com finalidade diagnóstica ou terapêutica. Consulte o seu médico regularmente.